Entre em contato
Obrigada pelo interesse em meu trabalho! Por favor, preencha o formulário abaixo para entrar em contato comigo.

Obrigada! Sua mensagem foi enviada! :)

Oops! Ocorreu um erro ao enviar o formulário.
Verifique as informações e tente novamente.

MENU

Desenhos da Semana #25

Daniela S. Nassetti
|
Desenhos da Semana
|
July 30, 2017
Desenhos da Semana

Essa semana foi bem divertida! Aproveitei para comprar novos materiais e fazer alguns testes... uma pena que meus blocos A4 de Canson (que costumo usar para fazer meus desenhos) ainda não chegaram, então fiquei só no sketchbook mesmo, hahaha ): devem chegar na semana que vem!

Sketch rápido e sem referência para dar uma aquecida :)
Esse fiz com um dos lápis novos que comprei — aquele cinza claro da foto. Fiquei apaixonada por ele! É um HB da Cretacolor, super macio (e aquarelável, inclusive, o que é ótimo). O nome é Graphite Aquarell e recomendo muitíssimo. O que mais me chamou atenção é que além da maciez, você consegue variar de tonalidades com muita facilidade. Você pode ir de um traço super leve para um tom quase preto, é incrível. Facilita demais, principalmente se você quiser usar apenas ele para variar de tonalidades na hora de sombrear.
Nesse usei o mesmo lápis e um pouco do Staedtler 2B (o lápis azul na foto). Ao contrário do lápis anterior, ele é bem semelhante ao que eu já costumava usar da Faber Castell.
Sketch inicial com referência — usando o lápis da Cretacolor.
Repare que nesse usei apenas o lápis da Cretacolor, desde o sketch inicial até todo o sombreamento.
Nesse eu resolvi brincar e misturar tudo o que eu comprei (hahaha). Adoro fazer esses experimentos para conhecer mais os materiais novos.

Além dos lápis que usei mais e comentei nas imagens anteriores, comprei também uma tinta dourada para escrita caligráfica. Na verdade não pretendo usar para escritas e sim aplicá-la em meus desenhos como um acabamento extra. Não comentei muito sobre ela ainda porque quero testar mais e ver o que consigo fazer. Além dele, dois lápis pastéis também, porque já que estou pensando em comprar os Polychromos da Faber Castell, quis testar primeiro — já que o investimento será grande. E sim, são maravilhosos, hahaha.

Ah e a textura que você vê nos desenhos provém do papel do sketchbook — papel Canson Montval 300m/g², que é levemente texturizado. Aliás, esse sketchbook da foto já tenho há algum tempo. Comprei de um site que faz sketchbooks artesanais (Entrelacé, mas mudaram o nome para Entrelaço Estúdio, aliás).

Tenho, atualmente, em torno de uns três sketchbooks que uso para diferentes propósitos, hahaha. Um (com papel em torno de 80-90m/g²) eu uso apenas para rascunhos de projetos de design — UI/UX, websites, logos, etc.; outro para desenhos mais simples e rápidos (também na mesma faixa de gramatura do anterior); e o da foto (300m/g²), para desenhos à lápis de cor, canetas, aquarela, etc. Sempre recomendo que quando você for trabalhar com materiais como aquarela, canetas, etc. use papéis em torno de 300m/g², assim você não corre o risco do papel rasgar e perder sua arte, pois o papel é mais grosso e preparado para aguentar o tranco (haha).

Lembre-se: sempre tenha um sketchbook ao seu lado. Leve consigo na bolsa/mochila para onde você for. Nunca se sabe quando a inspiração vem e bate aquela vontade de desenhar ;)

Daniela S. Nassetti
Designer Gráfico, Web Designer e Ilustradora
Fascinada por games e arte conceitual, busca o sonho de ser concept artist. É Designer formada pela Escola Panamericana de Design com experiência há mais de 15 anos na profissão.

Posts ReLACIONADOS

Receba atualizações por e-mail:

Obrigada! Sua inscrição na newsletter foi efetuada!

Oops! Ocorreu um erro.